terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A memória e os lugares.

Mar. 2006


Uma praça , uma rua, uma esquina.
Um poste com alguma coisa escrita, alguma data riscada no cimento da calçada.
Só um lugar pode remeter fielmente uma memória.
"- Sentávamos nesse banco quando jovens."
"- Morava nessa casa aquela pessoa. "
"- Bem nessa esquina havia um bar. "
É vão lutar contra a transformação e o desenvolvimento e tentar impedi-los é retroceder, mas quanto de nossas memórias não se vão com as transformações dos lugares?
Fim de ano nostálgico, pra mim principalmente, que comemoro junto com a chegada do novo ano, o fechamento de um outro ciclo.
Porque, afinal , é cíclica a vida.


♫ Here Comes The Sun - Nina Simone





5 comentários:

M. disse...

Eu acredito mesmo nessa coisa de ciclos.

E essa é uma das minhas favoritas da Nina :)

danee disse...

O passado é incontestável e traz nostalgia, a vida é realmente um ciclo. Gostei!

Latinha disse...

Oopa! tudo joia xará?!

Eu ia passando e o título do seu post me chamou a atenção, ainda essa semana eu comentava com um amigo que nunca mais iria levar ninguém que eu gostasse, nos lugares que eu gosto de ir.

As pessoas vão, os lugares e as memórias ficam... e é duro, sentar para um café e ver a mesa lá... ou reconhecer quem não mais deveria ser lembrado em cada lugar que se passa...

Feliz 2011 e vou tentar voltar mais vezes no futuro! Tudibão!

Samilla Fonseca disse...

Mentira que tu escreveu esse texto sozinho. Me diz de onde tu copiou, que eu dei um google não tu não foi denunciado, ainda.
É lindo! =~

Autor disse...

O bom que, além de cíclica, nossa memória é, quase sempre, boa (ou não).
Belo post.